18/12/2019

Regional Certel Sicredi 2019

Melhores da competição levam as taças para suas galerias

Regional Certel Sicredi 2019
Melhores da competição levam as taças para suas galerias
Com casa cheia, noite de terça-feira (17) marcou a entrega da premiação aos melhores do Regional Certel Sicerdi 2019
Lajeado – Em uma grande festa de confraternização, a Associação das Ligas do Vale do Taquari (Aslivata), realizou na terça-feira (17), a entrega da premiação aos destaques da 22ª edição do maior campeonato amador do Estado do Rio Grande do Sul.
O evento foi marcado por declarações contundentes, tanto pelo presidente da Aslivata, Volnei Kochhan quanto pelos patrocinadores do certame, sobre a excelente organização da competição e também sobre os campeonatos do ano de 2020, quando a Aslivata comemora seus 35 anos de fundação. Erineo Henenmann, presidente da Certel, declarou. “Estaremos juntos em 2020”, o mesmo ocorrendo pela parte do Sicredi, na pessoa de Luiz Mário Berbigier, diretor-executivo da instituição.
Após os pronunciamentos os teve início a entrega da premiação, com cerimonial conduzido pelo jornalista Lucas Leandro Brune, do Grupo Popular de Comunicação.
Destaques Titulares
Campeão: Boavistense – Boa Vista do Sul: Troféu, medalhas, faixas e R$ 4 mil
Vice-campeão: Assespe – Venâncio Aires: Troféu, medalhas e R$ 2 mil
Campeão disciplina: Rui Barbosa – Arroio do Meio: 150 pontos em 8 jogos disputados (melhor média na disciplina = 18,75) – Troféu e R$ 1 mil
Goleador: Edenilson de Oliveira Dorneles, o “Tanque” – EC Boavistense – Boa vista do Sul (9 gols)
Goleiro menos vazado: Geisson Miorando, o “Dik” – Flor de Maio – Venâncio Aires (3 gols em 10 jogos)
Craque da competição: Ricardo Zuchi – Boavistense – Boa Vista do Sul
Atleta revelação: Helder Nilton Julio Martins, o “Angolano” – Assespe – Venâncio Aires
Massagista destaque: Igor Pott – Boavistense – Boa Vista do Sul
Mesária destaque: Caroline Leichtweis – Canarinho – Cruzeiro do Sul
Treinadores destaques: Airton Radavelli – Boavistense – Boa Vista do Sul e Hilário Breuning – Assespe – Venâncio Aires
Presidentes destaques: Marcos Aurélio Zuchi – Boavistense – Boa Vista do Sul e Cláudio Weschenfelder – Assespe – Venâncio Aires
Destaques Aspirantes
Campeão: EC Estudiantes – Lajeado – troféu, medalhas, faixas e R$ 2,5 mil
Vice-campeão: União Santo André – Lajeado – troféu, medalhas e R$ 1,5 mil
Campeão disciplina: EC Cruzeiro – Vespasiano Correa – Troféu e R$ 1 mil (240 pontos em 12 jogos)
Goleador: João Felipe de Moura – EC Estudiantes – Lajeado (15 gols)
Goleiro menos vazado: Juliano Bagatini – EC Ouro Verde (4 gols em 8 jogos)
Craque da competição: João Felipe de Moura – EC Estudiantes – Lajeado
Atleta destaque/revelação: José Armando Knob Martins – EC Cruzeiro – Vespasiano Correa
Massagista destaque: Guilherme Armange – EC Estudiantes – Lajeado
Mesária destaque: Liandra Devitte – EC Cruzeiro – Vespasiano Correa
Treinadores destaques: Renan Beuren – EC Estudiantes – Lajeado e Gustavo Luan Zanatta, o “Mão” – União Santo André – Lajeado
Presidentes destaques: Deoclécio Lussani, o “Neguinho” – EC Estudiantes – Lajeado e Jair Kern, o “Schimia” – União Santo André – Lajeado
Destaques Série B – Copinha
Campeão Série Ouro: SC Alto Taquari – Teutônia – troféu, medalhas, faixas e R$ 2 mil
Vice-campeão Série Ouro: EC Minuano – Canudos do Vale – troféu, medalhas e R$ 1 mil
Campeão Série Prata: EC Esperança Rui Barbosa – Arroio do Meio – troféu, medalhas, faixas e R 1 mil
Vice-campeão Série Prata: EC Largados – Bom Retiro do Sul – troféu, medalhas e R$ 500,00
Campeão disciplina: EC Brasil Alto Conventos – Lajeado (270 pontos em 10 jogos) – troféu e R$ 500,00
Goleador: Rodrigo Henz – EC Esperança Rui Barbosa – Arroio do Meio (10 gols)
Goleiro menos vazado: Gustavo Zappas – EC Minuano – Canudos do Vale (5 gols em 12 jogos)
Craque da competição: Evaldo Pietro Bianchini – SC Alto Taquari – Teutônia
Atleta revelação: Angelo Pietro Bianchini – EC Minuano – Canudos do Vale
Massagista destaque: William Portz – EC Largados – Bom Retiro do Sul
Mesária destaque: Patrícia Goldmeier – SC Alto taquari – Teutônia
Treinadores destaques: Everson Dias – SC Alto Taquari – Teutônia e Neuro Ledur, o “Neguinho” – EC Minuano – Canudos do Vale
Presidentes destaques: Vilson Fristcher – SC Alto Taquari – Teutônia e Fabrício Ledur – EC Minuano – Canudos do Vale
Destaques Veteranos
Campeão Série Ouro: União de Palmas – Encantado – troféu, medalhas, faixas e R$ 2 mil
Vice-campeão Série Ouro: Assespe – Venâncio Aires – troféu, medalhas e R$ 1 mil
Campeão Série Prata: EC Brasil – Marques de Souza – troféu, medalhas, faixas e R$ 1 mil
Vice-campeão Série Prata: EC Cruzeiro – Santa Clara do Sul – troféu, medalhas e R$ 500,00
Campeão disciplina: EC Cruzeiro – Santa Clara do Sul – troféu e R$ 500,00
Goleador: Joaquin André Weiler – EC Cruzeiro – Santa Clara do Sul (12 gols)
Goleiro menos vazado: Márcio Sturm – EC Estudiantes – Lajeado (8 gols em 10 jogos)
Atleta destaque: José Agnelo Feil – EC Brasil – Marques de Souza
Craque da competição: Vinicius Pretto Masiero – União de Palmas – Encantado
Massagista destaque: Fábio Roberto da Silva – EC Brasil – Marques de Souza
Mesário destaque: Everton Augusto Kunz – EC Brasil – Marques de Souza
Treinadores destaques: Antônio Almeida – União de Palmas – Encantado e Jorge Sbruzzi – Assespe – Venâncio Aires
Presidentes destaques: Dirceu Kerber – União de Palmas – Encantado e Tiago Rother – EC Brasil – Marques de Souza
Retrospecto Geral
O Regional Certel Sicredi 2019 iniciou no dia 4 de agosto, contou com 39 agremiações divididas nas categorias titular, aspirante, veterano e copinha. Foram disputadas 293 partidas. Mais de duas mil pessoas participaram, entre jogadores e comissão técnica.
O público aproximado foi de 120 mil pessoas. Oitenta árbitros e auxiliares trabalharam no campeonato. Foram distribuídos 1.389 cartões amarelos e 99 vermelhos – 42 expulsões a menos que a edição de 2018.
Pela categoria titular foram 223 gols em 90 partidas, média de 2,4 por jogo. Foram 32 expulsões e 882 amarelos.
No aspirante, o número de gols foi de 297, média de 3,3 por duelo. Foram distribuídos 420 amarelos e 29 vermelhos. Na categoria veterano foram 195 gols em 52 partidas, média de 3,7. Foram aplicados 220 cartões amarelos e 12 vermelhos.
Já na Copinha Aslivata foram 195 gols em 41 jogos, média de 4,7 por confronto. 267 cartões amarelos e 16 vermelhos.