12/10/2019

Alaf 2019

Atlântico vence Alaf no Claudião

Alaf 2019
Atlântico vence Alaf no Claudião
Erros dos jovens atletas da Alaf foram preponderantes para a derrota diante do poderoso time do Atlântico de Erechim. Gol de honra do elenco comandado por Edmilson Bella foi de Xitão, o quarto dele, nos últimos três jogos
Lajeado – O Atlântico voltou a encostar na liderança da primeira fase da Liga Gaúcha de Futsal (LGF). Na noite de sexta-feira (11), o Galo venceu a Alaf, em Lajeado pelo placar de 5 a 1. Com isso, chegou aos 35 pontos, ficando a dois do Guarany, que lidera a tabela de classificação. Já o elenco lajeadense amarga a vice-liderança e no próximo compromisso diante da Abelc, na casa do adversário terá que buscar a vitória para não depender de resultados paralelos, para consolidar a permanência na elite do futsal gaúcho.
A derrota da Associação Lajeado de Futsal (Alaf) para o multicampeão Atlântico de Erechim, do técnico Giba não foi surpresa para os cerca de 200 torcedores que estiveram no Ginásio Municipal Professor Francisco Nelson Brancher, o “Claudião”. Isso pelo qualificado plantel do oponente e também pelo reduzido grupo de jogadores da Alaf. Mesmo assim, o representante do Vale do Taquari conseguiu manter um equilíbrio durante boa parte da partida.
O jogo
O técnico Bella optou em sair jogando com o quinteto formado por Léo Oliveira, Xitão, Bruninho, Takumi e Natan.
Logo no primeiro minuto Natan foi amarelado, o que deixou Bella muito irritado a beira da quadra. Aos 3min40seg, Bruninho teve chance clara de abrir o placar, mas a conclusão foi fraca. Aos 4min19seg, Cleber mandou a bomba e Léo Oliveira brilhou embaixo das traves. Aos 6min35seg, Ranther pifou Xitão, mas a conclusão foi por cima do travessão. Aos nove, o Atlântico escapou em rápido contra-ataque. Barbosinha concluiu. No bate-rebate dentro da área, a bola sobrou para Jeison. Ele tentou dominar, mas Silva foi mais esperto e mandou para o fundo da rede. Atlântico: 1 a 0. Faltando dez segundos para o final da primeira etapa, Ranther escapou em direção ao gol erechinense, mas cara a cara com o goleiro, perdeu o gol que seria o empate. No contra-golpe Barbosinha fez a assistência para Allan. Rede: 2 a 0.
Na volta do intervalo, a Alaf tentou uma reação. Ela veio aos 5min25seg. Xitão mandou um “míssel” de fora da área, sem chances para o goleiro Jackson: 2 a 1. No entanto, em nova falha de Jeison aos 7min38seg, Cleber acionou Silva, que mostrou oportunismo e ampliou: 3 a 1. Aos 8min55seg, o veloz e habilidoso Cleber fez a assistência para Gessé. O ex-jogador da Alaf mostrou faro de gol e mandou para o fundo da rede de Leo Oliveira: 4 a 1. E menos de um minuto depois, outra vez Gessé surgiu no ataque para concluir a jogada e fazer 5 a 1 em favor do Atlântico. A partir de então, a Alaf passou a ter a jogada de goleiro linha. Ter um jogador a mais no ataque por alguns momentos, no entanto, não mudou a situação do jogo que terminou mesmo com vitória do Atlântico.
Classificação: Guarany (40 pontos); Atlântico (35); Passo Fundo Futsal (30); ACBF (25); Uruguaianense (22); Marau Futsal (21); Asif (20); Sase (16); Abelc (15); Alaf (12) e América (11).
Próximos compromissos
Abelc/Boa Vista do Buricá x Alaf – Dia: 19/10 – 20h
Alaf x ACBF/Carlos Barbosa – Dia: 26/10 – 20h
AEU/Uruguaiana x Alaf – Dia: 2/11 – 20h