08/07/2018

Alaf 2018

Reação após novo apagão

Alaf 2018
Reação após novo apagão
Equipe comandada pelo técnico Edmílson Bella protagonizou uma reação sensacional diante do Uruguaianense, que culminou com um empate com gostinho de vitória. Gols da Alaf foram anotados por Duda Bello (2), Marcelo Giba (1), Bruninho (1) e Larusso (1). Próximo compromisso será diante do Parobé Futsal, no sábado (14), às 20h, no encerramento do 1º turno
Lajeado – A Associação Lajeado de Futsal (Alaf) deu um grande susto em seu torcedor, no sábado (7), às 20h, no Complexo Esportivo da Univates, no confronto diante da equipe do Uruguaianense. O adversário chegou a estar vencendo por 4 a 1, mas o elenco lajeadense não se intimidou e conseguiu terminar a partida com um empate de 5 a 5.
Bela optou em sair jogando com o quinteto formado por Diego, Marcelo Giba, Dionízio, Duda Bello e Biel.
Os visitantes surpreenderam o representante do Vale do Taquari, com um futsal de toques rápidos e boa consistência defensiva. A Alaf pecava em erros sucessivos, principalmente com o experiente jogador Dionízio. O Uruguaianense aproveitou e abriu boa vantagem no placar.
Aos oito minutos, Cabeça cruzou da direita. Gui Falcão tocou de letra e abriu o marcador. Uruguaianense: 1 a 0. Aos 8min40seg, Cabeça recebeu na esquerda, girou e chutou a meia altura, sem chances para o goleiro Diego: 2 a 0. No último minuto, Biel fez uma assistência milimétrica para Duda Bello estufar a rede do oponente: 2 a 1.
Nem as orientações no intervalo da partida foram suficientes para que a Alaf retornasse com outra postura para a etapa complementar.
Aos 8min40seg, Dionízio falhou. Rafinha atento à jogada, não perdoou: 3 a 1. Aos 10min44seg, Cabeça chutou de longe. A bola desviou na defesa e acabou enganando o goleiro Diego: 4 a 1. Com dez minutos de jogo, a Alaf cometeu sua quinta falta. Parecia que o torcedor iria presenciar mais um resultado negativo. Parecia, pois aos 11min32seg, a Alaf saiu em rápido contra-ataque, com Marcelo Giba finalizando certeiro: 4 a 2. O torcedor começou a incentivar e o grupo da Alaf deu a resposta, na tática do goleiro linha, com Duda Bello. Aos 15min18seg, bola trabalhada no ataque. Duda Bello recebeu de frente para a meta adversária e soltou um “míssel”: 4 a 3. Faltando 3min10seg, ambas equipes ficaram penduradas com cinco faltas. Aos 17min50seg, a Alaf era só pressão. Os visitantes aproveitaram vacilo defensivo e voltaram a balançar a rede de Diego. Desta vez, com um gol de Radaeli: 5 a 3. Aos 18min02seg, o Uruguaianense cometeu a sexta falta. Bruninho se apresentou para a cobrança do tiro livre e mandou no cantinho: 5 a 4. Aos 18min47seg, Giba acertou a trave. No rebote a bola sobrou para Ranther Larusso decretar a igualdade: 5 a 5. Faltando pouco menos de um minuto para o cronômetro zerar, os visitantes tiveram o jogador Radaeli expulso. A Alaf tentou buscar a vitória, mas quem esteve mais próximo dos três pontos foram os visitantes, que tiveram tiro livre a seu favor, faltando 24 segundos para o final. Cecatto cobrou, mas a bola saiu pela linha de fundo. Não havia tempo para mais nada.
Classificação: ACBF e atlântico (23 pontos); América (22); Parobé Futsal e Guarany (16); Assoeva (15); Alaf (14); Uruguaianense (12); Asif (11); Sase (8); BGF (4) e AES (1).