01/12/2017

7ª Copa Integração CTC/Sete Veterano

Sete domina a Copa Integração

7ª Copa Integração CTC/Sete Veterano
Sete domina a Copa Integração
Na Ouro, Tabajara/CBM e na Prata, Cataluña/IGA Construtora & Incorporadora dão a volta olímpica na sétima edição da competição
Lajeado – O Clube Tiro e Caça sediou na noite de quinta-feira (30), as finais da 7ª Copa Integração CTC/Sete Veterano.
No primeiro duelo, o Cataluña, do técnico Gabriel Ariotti, o “Gabigol”, garantiu o título da Série Prata diante do Expressinho, orientado a beira do gramado pelo treinador/atleta Jean Tasca Todeschini. Destaque para a atuação de luxo do jogador Jefinho Klauck. A vitória do Cataluña teve início aos quatro minutos de jogo. Neguinho fez a assistência para Jefinho. Ele mandou no ângulo da meta do goleiro Flávio Carvalho: 1 a 0. Um minuto depois, Jefinho serviu de “garçom” para Graciano Ariotti, que avançava com li9berdade pelo lado esquerdo de ataque. Ele ajeitou a “gorduchinha” e chutou cruzado: 2 a 0. Aos 18, Xikinho fez um passe milimétrico para Cadore. Ele bateu firme, sem chances para o goleiro Marmita: 2 a 1. O placar só foi movimentado novamente aos 18 minutos da etapa complementar. E novamente através do oportunista Jefinho: 3 a 1.
Na decisão da Série Ouro, o Tabajara/CBM, orientado a beira do gramado pela dupla Mimi Weiler e Mairo Reiter foi a campo com o objetivo de acabar com a hegemonia de títulos do tricampeão Coroas C, do treinador Rodrigo Conte.
O Tabajara/CBm iniciou a partida com Nei Jung, Márcio de Borba, Roque Heckler, Sílvio Peralta, Riopardinho, Maravilha, Caio Sieben e Pipoca. Já o Coroas C foi a campo com Diego Duarte, Kenji Fuke, Vinicius Masiero, Petry, Schuster, Diego Giacomolli, Vanderlei Pech e Peixe.
Os primeiros 25 minutos de jogo foram de intensa disputa pela posse da bola, com muita transpiração e pouca inspiração de ambas equipes.
Na etapa final, as emoções foram intensas desde o início do embate. Com 50 segundos, contragolpe mortal do Tabajara/CBM. Pipoca fez a assistência para Márcio de Borba. Ele recebeu na direita e mandou a “bomba” em tiro diagonal. O goleiro Diego Duarte se esticou todo, mas não evitou a abertura do placar: 1 a 0. Aos oito minutos, Edinho Rosa escapou em direção ao gol do Coroas C. Diego Giacomolli tentou interceptar a bola, mas acabou derrubando o adversário. O árbitro deu o segundo cartão amarelo e o Coroas C ficou com um jogador a menos em campo. Aos dez, Edinho perdeu a posse de bola no meio de campo. O Coroas C saiu em rápido contra-ataque com Vanderlei Pech. Dentro da área sofreu falta. O árbitro assinalou a marca da cal. O artilheiro do campeonato Vanderlei Weiand, o “Peixe” cobrou com perfeição e correu para o abraço: 1 a 1. Mesmo com um jogador a menos, o Coroas C foi em busca da vitória. No entanto, os espaços em campo foram cruciais para que o adversário movimentasse novamente o escore. Aos 19min30seg, o Tabajara/CBM protagonizou grande jogada de ataque. Joel Zanella acionou Caio Sieben, que mandou de sem pulo. Golaço: 2 a 1. Depois disso foi só administrar o resultado, para soltar o grito de “é campeão”.
Após os confrontos, as diretorias das duas entidades promotoras da competição realizaram a entrega das premiações aos melhores do certame.
12ª Rodada – Dia: 30/11 – Final – Jogos Clube Tiro e Caça
19h15min – Prata – Expressinho 1x3 Cataluña
20h15min – Ouro – Tabajara/CBM 2x1 Coroas C
Premiação
Campeão Série Ouro: Tabajara/CBM
Vice-campeão Série Ouro: Coroas C
Campeão Série Prata: Calaluña/IGA Construtora & Incorporadora
Vice-campeão Série Prata: Expressinho
Campeão da Disciplina: Escalados FC
Goleiro Menos Vazado: Nei Jung – Tabajara/CBM (7 gols)
Goleador: Vanderlei Weiand – Coroas C (12 gols)